VW revela Saveiro Rocket e novos Passat e Jetta

VW revela Saveiro Rocket e novos Passat e Jetta

Até 2014, montadora vai investir R$ 6,2 bilhões para globalizar produtos nacionais (Direto do Salão 2010)

Com o mote “a inovação é azul”, a VW abriu sua coletiva mostrando suas iniciativas na área da mobilidade sustentável. Nessa linha, estendeu a o Bluemotion para Fox e Gol – modelos com pneus verdes e pintura à base de água. O destaque, porém, ficou para o protótipo L1, onde os assentos do motorista e do passageiro ficam um atrás do outro, não lado a lado. Com foco na redução de emissões e consumo, o modelo usa motor diesel e faz 72 km com apenas um litro do combustível – de acordo com a VW. A autonomia é de 724 km.

Também reforçando a questão da sustentabilidade, apontado por Thomas Schmall (presidente da VW Brasil) como um dos pilares do crescimento da marca nos próximos anos, a VW apresentou a Bik.e, uma bicicleta elétrica que roda 20 km, a 20 km/h e pesa 20 kg.
Mas o conceito que mais se destaca no estande da VW não é azul. E sim, branco com listras vermelhas: é a Saveiro Rocket. Apresentada pelo chefe de design da marca, Luiz Alberto Veiga, ela foi apontada como “a realização de um sonho”. O sonho de fazer um “verdadeiro esportivo, um cupê de dois lugares”. “Olhamos bastante o que acontece nas ruas. E o que vimos é que a Saveiro faz muito sucesso com os jovens, que gostam de esportividade”, disse Veiga.

   Divulgação
.

De olho nesse público, equipou a Saveiro Rocket com motor 1.4 turbo, câmbio de seis marchas, suspensão “tunada”, que deixou o modelo rebaixado, spoiler, difusor no para-choque entre outros itens. A caçamba foi fechada com tampo rígido enquanto o interior, onde aparece o mesmo painel da versão de produção, recebeu os bancos do R32 e a alavanca de câmbio, do Golf GTi. Os revestimentos são de couro e alcântara.

Entre os carros de produção, os destaques ficam por conta dos sedãs Jetta e Passat. Sem anunciar preços ou data exata de vendas, a VW apenas mostrou os modelos. Mas  informações seguras dizem que o Jetta terá duas opções de motores 2.0 (sendo uma turbo) e deve custar entre R$ 60 e R$ 80 mil. O Passat privilegia a tecnologia, com sistema de detecção de fadiga, controle de cruzeiro adaptativo, side assist e assistente dinâmico de iluminação.

O Touareg é exibido na versão híbrida, com câmbio de oito marchas e uma combinação de motor a combustão (333 cv) e elétrico (47 cv). O modelo estará disponível durante o Salão para a realização de testes com o Park Assist, sistema que estaciona o carro praticamente sozinho. O utilitário é capaz de rodar 50 km/h só com energia elétrica e tem freios regenerativos e sistema start/ stop.

Durante a apresentação, Thomas Schmall destacou a atuação do grupo VW, que fechou o primeiro semestre do ano como o segundo maior do mundo – atrás apenas da Toyota. De acordo com o executivo, a VW vem registrando crescente presença no mercado nacional, desde 2006: hoje ela tem 17% da participação (ante 12% de quatro anos atrás). Schmall afirma que a VW vai manter a renovação de seu portfolio, agora, a partir de plataformas já existentes no Brasil.

Para globalizar os produtos nacionais, a marca vai investir R$ 6,2 bilhões até 2014. Quem ajudará nessa empreitada será a nova vice-presidente de vendas e marketing, Jutta Dierks, apresentada ao hoje para a imprensa.

*Fonte: Autoesporte

Always, VW.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s